37ª Semana-2015 – GDC-Young

FLEUMÁTICO

18- CULTIVANDO A COMUNHÃO-Parte II.

Vocês podem desenvolver uma comunidade saudável e robusta que viva de acordo com Deus e desfrute os resultados se tão-somente derem conta da árdua tarefa de se relacionarem bem uns com os outros, tratando-se digna e honradamente.” (Tg 3.18;)
 
FORMAR UMA COMUNIDADE EXIGE HUMILDADE. A presunção, o convencimento e o orgulho obstinado destroem a comunhão mais rápido que qualquer outra coisa. O orgulho ergue muros entre as pessoas; a humildade ergue pontes. A humildade é o unguento que acalma e suaviza as relações.

É por isso que a Bíblia diz:Sejam todos humildes uns para com os outros.” (1 Pe.5:5b)

A vestimenta adequada à comunhão é a postura humilde. O resto do último versículo diz:… “porque Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes.” (1 Pe.5:5a)

Essa é a outra razão pela qual precisamos ser humildes: o orgulho obstrui a graça de Deus em nossa vida, a qual devemos ter para crescer, nos transformar, ser sarados e ajudar os outros. Recebemos a graça de Deus ao admitir humildemente que precisamos dela. A Bíblia diz que, no momento em que somos arrogantes, vivemos em oposição a Deus! Essa é uma maneira tola e perigosa de viver.

Paulo orientou aos cristãos em Filipos : “Humildemente considerem os outros superiores a si mesmos. Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros”.(Fl.2:3-4)

HUMILDADE NÃO É PENSAR MENOS DE SI MESMO, MAS PENSAR MENOS EM SI MESMO; HUMILDADE É PENSAR MAIS NOS OUTROS.

FORMAR UMA COMUNIDADE EXIGE CORTESIA. Somos corteses quando respeitamos nossas diferenças e somos cuidadosos com os sentimentos uns dos outros e pacientes com as pessoas que nos irritam.

A Bíblia diz: É preciso carregar o “fardo” de termos consideração para com as dúvidas e temores de outras pessoas daqueles que sentem que essas coisas estão erradas. Agrademos ao outro, e não a nós próprios, e façamos aquilo que é para o seu bem e assim o edificaremos no Senhor.(Rm.15:20)

Em toda igreja e em todo pequeno grupo, há sempre pelo menos uma pessoa “difícil”, e normalmente mais que uma. Essas pessoas podem ter carências emocionais, insegurança profunda, maneirismos irritantes e escassas habilidades sociais. Você deve chamá-las de pessoas NTE (“Necessária Tolerância Extra”).

Deus pôs essas pessoas em nosso meio tanto para benefício delas quanto nosso. Elas são uma oportunidade para crescermos e um teste para a comunhão. Será que conseguiremos amá-las como irmãos e irmãs, tratando-as com dignidade?

Em uma família, a aceitação não se baseia em quanto você é esperto, bonito ou talentoso. Baseia-se no fato de pertencermos uns aos outros. Defendemos e protegemos a família. Um membro da família pode ser um pouco pateta, mas ainda assim é um de nós.

Da mesma forma, a Bíblia diz: “Sejam dedicados uns aos outros como uma família afetuosa. Aprimorem-se em demonstrar respeito uns para com os outros.” (Rm12:10)

A verdade é que todos temos excentricidades e traços de temperamento irritantes, mas comunidade não tem nada que ver com compatibilidade. O fundamento para termos comunhão é nosso relacionamento com Deus: SOMOS UMA FAMÍLIA!

FORMAR UMA COMUNIDADE EXIGE SIGILO. Somente em um ambiente seguro, onde houver um acolhimento carinhoso e sigilo confiável, as pessoas se abrirão e compartilharão suas maiores mágoas, necessidades e erros.
Sigilo não significa ficar em silêncio enquanto seu irmão ou irmã peca, e sim saber que aquilo que for comentado no grupo ficará restrito ao grupo.
O grupo precisa conviver com isso e evitar a fofoca. Deus detesta a fofoca; principalmente quando é maldosamente disfarçada como “pedido de oração” a favor de alguém. A fofoca sempre causa mágoa e discórdia, e isso destrói amizades. Deus é claro quando nos orienta a advertir os que causam dissensão entre cristãos (Tt. 3:10). Eles podem se enfurecer e deixar seu grupo ou igreja ao serem enfrentados por causa de suas ações que semeiam a discórdia; mas a comunhão da igreja é mais importante que qualquer indivíduo.

FORMAR UMA COMUNIDADE EXIGE CONSTÂNCIA. Você deve manter um contato constante e regular com seu grupo, a fim de desenvolver a verdadeira comunhão. Relacionamentos exigem tempo. A Bíblia nos diz: “Não abandonemos, como alguns estão fazendo, o costume de assistir às nossas reuniões. Pelo contrário, animemos uns aos outros”(Hb.10:25). Devemos desenvolver o hábito de nos reunir. Hábito é algo que você faz com frequência, e não uma vez ou outra. Você tem de passar tempo com as pessoas… Muito tempo! Para estabelecer relacionamentos íntimos. É por isso que a comunhão é tão superficial em muitas igrejas; não passamos tempo suficiente juntos, e o tempo que passamos é usado normalmente para ouvir uma única pessoa falar.
Uma comunidade não é formada de acordo com nossa conveniência (“Vamos nos reunir quando eu tiver vontade”), mas na convicção de que ela é necessária para nossa saúde espiritual. Se você quiser cultivar uma comunhão verdadeira, isso significará reunir-se mesmo quando você não tenha vontade, porque você acredita que é importante. Os primeiros cristãos se reuniam todos os dias! Viver em comunhão requer investimento de tempo.

Se você é membro de um grupo pequeno ou de uma classe de escola dominical, recomendo que se faça um pacto entre todos, o qual inclua as nove características da comunhão bíblica:

  • Partilharemos nossos verdadeiros sentimentos (autenticidade),
  • Incentivaremos uns aos outros (reciprocidade),
  • Apoiaremos uns aos outros (compaixão),
  • Perdoaremos uns aos outros (misericórdia),
  • Falaremos a verdade com amor (sinceridade),
  • Admitiremos nossas fraquezas (humildade),
  • Respeitaremos nossas diferenças (cortesia),
  • Não fofocaremos (sigilo)
  • Faremos do grupo uma prioridade (constância)”.

> Uma pergunta para meditar: Como posso hoje ajudar a criar as características de uma comunidade verdadeira em meu grupo pequeno e em minha igreja?

Programado para Terça-feira 29/09/2015.

Fonte: http://pt.slideshare.net/paulopooljr/uma-vida-com-propositos?related=1
Adaptado Por: Pr.Gilberto Luis Cunha.

Deixe uma resposta