3ª Semana-2019 – GDC Adult & Young

TRANSFORMANDO PEDRAS EM ALTAR PARA O SENHOR.

(1ª Parte)

QUEBRA GELO: Distribua uma pedra para cada pessoa para que cada um possa dizer qual o problema que ela representa e que tenha atrapalhado a sua vida.
Devemos lembrar que não devemos considerar as pessoas como “pedras” na nossa vida, ou seja, não é o marido ou os filhos ou os pais que atrapalham, mas os sentimentos a respeito das circunstâncias que estamos vivendo.
Todos deverão colocar a pedra no chão, no meio de todos, como um ato profético declarando que, a partir de hoje, farão um altar de exaltação ao Senhor.

TEXTO: Gênesis 28:10-19
Jacó estava em um momento difícil em sua vida. Devido a um problema com seu irmão, ele fugiu para casa de seus parentes. Há momentos em que o único lugar que não queremos estar é na nossa casa. Porém, Deus quer nos mostrar que Ele separou esta casa para nossa vida, para que através dela todos possam saber quem é o nosso Deus. Jacó depois de andar por muito tempo reconheceu que precisava descansar para continuar a caminhada. O que aconteceu com Jacó ao parar no momento do seu cansaço? Deparou-se com pedras.

VAMOS APRENDER QUAL FOI A ATITUDE DE JACÓ AO ENCONTRAR A PEDRA.

1 – Jacó descansou: Ele fez da pedra seu travesseiro e, apesar, de toda preocupação Jacó descansou.

• O que temos declarado diante dos problemas?

2 – Jacó sonhou: É o sonho que nos motiva a acordar e correr atrás.

• Qual é o seu sonho?

PARA QUE O SONHO SE TRANSFORME EM REALIDADE É PRECISO TER ATITUDES:

— Visão:
• Qual a sua visão de futuro?

— Alimentar o sonho com palavras positivas:
• Com o que você tem alimentado os seus sonhos?

— Reconhecer que Deus é a nossa maior torcida:
• Em que quem você tem colocado as suas expectativas?

Data de Aplicação: 30/01/2019

NA PRÓXIMA SEMANA : TRANSFORMANDO PEDRAS EM ALTAR PARA O SENHOR (Última Parte)

 

Fonte:http://uncaodocrescimento.com.br/site/wp-content/uploads/2017/10/15-10-2017-TRANSFORMANDO-PEDRAS-EM-ALTAR-PARA-O-SENHOR..pdf

Adaptado: Pr.Gilberto Luis Cunha.

Deixe uma resposta