4ª Semana-2018 – GDC Adult & Young

FRUTIFICANDO EM CRISTO.

(Última Parte)

A IMPORTÂNCIA DA QUANTIDADE
A igreja dos séculos passados permaneceu acomodada entre suas quatro paredes, confiada na perigosa justificativa de que “somos poucos, mas somos muito bons, somos pequenos mas temos qualidade”.

Que a qualidade é imprescindível, não há dúvida, mas e a quantidade?
Enquanto a igreja cantava “somos um pequeno povo e muito feliz”, satanás colhia multidões e mais multidões para a perdição eterna. No entanto, Deus expressa em Sua Palavra que “…deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade…” (I Tm 2: 4). E mais: “Olhai para mim e sede salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro” (Is 45: 22).
O desejo de Deus é alcançar o maior número de pessoas com a mensagem da salvação. Assim, os números deixam de ser simplesmente números, para representarem vidas. Não podemos aceitar as igrejas vazias e as baladas lotadas. Jesus disse que a natureza gloriosa do Pai é revelada quando produzimos MUITO fruto, e assim glorificando Seu Nome.

PERGUNTAS PARA DEBATE NO GDC:

  • Segundo João 15: 5, como alcançamos muito fruto?
      • Alcança muito fruto, aquele que permanece fiel ao Senhor, apesar de todas as oposições.
  • De acordo com Mt 28: 18, qual a maneira de termos quantidade com qualidade?
      • O Senhor Jesus nos comissiona a seguirmos Seu exemplo, ou seja, além de pregar o evangelho, fazer discípulos. Ou seja, com a pregação do evangelho ganhamos as vidas (quantidade) e no discipulado trabalhamos o caráter do cristão (qualidade).

— VAMOS ORAR:
Relacionar os nomes e orar por, no mínimo, três pessoas durante 30 dias, pedindo libertação.

— VAMOS AGIR:
Abra os seus olhos para as pessoas ao seu redor e depois abra seus lábios para testemunhar de sua fé a elas, levando-as a fazer sua confissão pública por Jesus.

 
 

NA PRÓXIMA SEMANA : MORRER PARA VENCER- (1ª Parte)

Data de Aplicação: 07/02/2018

Fonte:http://minhacelula1.webnode.com/products/frutificando-em-cristo-a-necessidade-de-frutificar/

Adaptado: Pr.Gilberto Luis Cunha.

Deixe uma resposta